segunda-feira, 16 de março de 2009

Lisboa às escuras por uma hora

A noticia não é nova... mas vale sempre a pena relembrar a iniciativa que vai ocorrer:

Cristo-Rei, Ponte 25 de Abril e Castelo de São Jorge vão ficar às escuras durante uma hora no próximo dia 28, numa iniciativa ambiental que junta centenas de cidades de todo o mundo, revelou esta terça-feira à Lusa, a organização ambientalista World Wildlife Fund (WWF).
«Esta é a primeira vez que Portugal, através da cidade de Lisboa, se une ao apelo mundial lançado pela WWF para apagar as luzes pela Hora do Planeta», explicou Ângela Morgado do WWF Portugal, um fundo mundial para a conservação da natureza.
Lisboa vai ser uma das 742 cidades do Mundo, «de uma ponta à outra do Globo» de 75 países, a aderir ao apelo que começou há três anos na cidade australiana de Sidney e que no ano seguinte se alargou a 371 cidades de todo o Planeta.
«É muito bom que Lisboa faça parte dessa lista. No ano passado alguns portugueses aderiram e desligaram as luzes, mas a título individual. Este ano a Câmara de Lisboa também aderiu, o que é fantástico», comentou Ângela Morgado.
O município de Lisboa, através de fonte do gabinete do presidente da Câmara, disse à Lusa não estar ainda decidida a totalidade de locais da cidade que vão apagar as luzes por uma hora no dia 28 deste mês, mas a WWF confirma já alguns desses locais.
«Entre as 20:30 e as 21:30, da noite de 28 de Março, o Cristo-Rei, assim como a Ponte 25 de Abril, o Palácio de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, o Padrão das Descobertas, o Castelo de São Jorge, os Paços do Concelho e o Museu da Electricidade vão ficar apenas iluminados pela luz das estrelas», refere a WWF. O Centro Cultural de Belém (CCB) assinala também a Hora do Planeta, mas desligando as luzes apenas por 15 minutos por causa de um espectáculo já agendado.
«Esperamos este ano envolver cerca de mil milhões de pessoas de mil cidades de todo o mundo», disse Ângela Morgado.

in Portugal Diário

Sem comentários:

Enviar um comentário